Executivo
João Pessoa: história real de vítima da Covid-19 ilustra campanha da prefeitura
26/02/2021 12:18
Suetoni Souto Maior

A cena mostra o momento em que um homem é levado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinada ao tratamento da Covid-19. O áudio traz uma mensagem do paciente enviada à mulher momentos antes. Ele diz que está sendo transferido e que logo estará em casa. Pede para ela cuidar dos dois filhos menores. O reencontro não ocorre, porque ele se torna mais uma vítima da pandemia. Este é o roteiro da propaganda divulgada pela prefeitura de João Pessoa nesta quinta-feira (25). O que poucos sabem é que o vídeo é baseado em uma história real, ocorrida na Capital.

“Amor, eles estão vindo me transferir agora, viu? Vai dar tudo certo. Está na mão de Deus. Tenho fé que daqui a pouco eu estou aí com vocês. Cuida da Isabella e do Pedrinho. Amo vocês”, diz o áudio remetido pelo paciente à mulher. Na sequência, o narrador diz que “esse foi o último áudio de Marcelo”. “Ele não voltou da UTI. Se você não se cuidar, também pode não voltar”.

A história retratada é de um amigo pessoal de um dos roteiristas, que teve autorização da família da vítima para divulgar. O áudio original foi transcrito e gravado na voz de um ator. Os nomes não foram revelados, mas a história de dor é similar à das mais de 250 mil pessoas que foram afastadas em definitivo do convívio da família por causa da doença. De acordo com informações da Prefeitura da Capital, o objetivo foi mesmo chamar a atenção da população para os perigos da pandemia. 

A campanha entrou no ar no período em que a prefeitura colocou em prática medidas muito duras e necessárias para o enfrentamento da Covid-19. Entre outras medidas, foi determinado toque de recolher das 22h às 5h, todos os dias, até o dia 10 de março. Houve suspensão, também, das celebrações religiosas de forma presencial e os bares não podem mais vender bebidas alcoólicas depois das 20h.

Desde o início da pandemia, 1.377 pessoas morreram em João Pessoa em decorrência da Covid-19. O número de pessoas contaminadas supera a casa dos 20.014.

https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave