Covid-19
40 mil paraibanos já deveriam ter recebido a segunda dose da vacina contra a Covid-19
21/04/2021 15:49
Suetoni Souto Maior
Redução da idade atendida deve ocorrer de forma gradativa, diz prefeitura. Foto: Divulgação/ABr

Um levantamento do governo do Estado mostrou que 40 mil paraibanos já deveriam ter tomado a segunda dose da vacina contra a Covid-19. A informação tem como base as pessoas que tomaram a primeira dose há mais de 28 dias e que, por isso, deveria já ter recebido a segunda dose do imunizante. A situação fez com que o Ministério Público Federal recorresse à Justiça, nesta semana, com pedido para que o governo federal regularizasse a demanda. O risco alertado pelo órgão é que a demora faça com que a primeira dose seja perdida.

O pedido foi acatado pela Justiça Federal, na Paraíba. A juíza Cristina Garcês determinou que o Ministério da Saúde apresente plano de distribuição dos imunizantes em 24 horas. De acordo com o secretário Executivo de Saúde do Estado, Daniel Beltrammi, o órgão federal já sinalizou com o atendimento da decisão judicial. A bula da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, estabelece que a segunda dose seja ministrada em até 28 dias. Para ser mais específico, a imunização deve ocorrer entre o 14º e o 28º dia após a primeira dose.

Veja também

. Sem vacinas, Prefeitura de João Pessoa suspende imunização nesta quarta

. Justiça dá 24 horas para governo federal garantir 2ª dose da vacina na PB

O governador João Azevêdo (Cidadania) deu declarações nesta semana no sentido de que o atraso não vai implicar na perda da primeira dose. Ele se baseou em estudos recentes que indicam que o atraso de poucos dias não representa perda da eficácia. A perspectiva é que a Paraíba receba novas doses já nesta quinta-feira (22). O secretário Estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, no entanto, diz não saber quantos imunizantes chegarão. Ele espera, no entanto, que sejam mandadas vacinas suficientes para atender à demanda reprimida.

Até o momento, 789.047 doses da vacina foram aplicadas no Estado. A maioria delas para a primeira dose. Foram 585.154 para esta fase da campanha. Para a segunda, foram 203.893. A maior parte das pessoas receberam a CoronaVac, que tem intervalo menor entre a primeira e a segunda dose. Isso porque a AstraZeneca tem a segunda dose tomada apenas três meses após a primeira.

Em João Pessoa, 59 mil pessoas tomaram a primeira dose da CoronaVac e agora aguardam pela segunda. O montante dos que estão com o prazo de 28 dias estourado não foi divulgado. Depois da chegada de 3 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) vindos da China, o Instituto Butantan anunciou que vai produzir 5 milhões de vacinas para que elas sejam enviadas aos Estados.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://chat.whatsapp.com/LjSHneKlLUKKzBM0oa0Lpd

Palavras Chave