Judiciário
Réu em processo, Vítor Hugo nega ter mantido funcionários fantasmas em Cabedelo
17/08/2021 18:36
Suetoni Souto Maior
Vítor Hugo é apontado como suposto beneficiário de esquema. Foto: Plínio Almeida/TV Cabo Branco/G1

O prefeito de Cabedelo, Vítor Hugo (DEM), negou nesta terça-feira (17) ter mantido funcionários fantasmas no período em que atuou como vereador na cidade portuária. Ele, o ex-prefeito Leto Viana, e outras 18 pessoas viraram réus em processo protocolado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) sobre a suposta contratação de servidores fantasmas e rachadinhas na Câmara Municipal do Município. Todos são alvos da operação Xeque-Mate, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) com a Polícia Federal.

Os fatos teriam ocorrido entre os anos de 2017 e 2018. Na época, Leto Viana comandava a cidade em seu segundo mantato. No anterior, ele assumiu o cargo com a renúncia de Luceninha, que teria vendido o cargo em benefício do vice. Vitor Hugo assumiu o comando da cidade com o afastamento de Leto, após a deflagração da operação Xeque-Mate. Na nota divulgada nesta terça, o gestor procura se afastar do problema e lembra que naquela época exercia o mandato de vereador.

Os outros réus são Jaqueline França; Lúcio José; Antônio Bezerra do Vale Filho; Francisco Rogério Santiago Mendonça; Belmiro Mamede da Silva Neto; Rosivaldo Alves Barbosa; Tércio de Figueiredo Dornelas Filho; Rosildo Pereira de Araújo; Antônio Moacir Dantas Cavalcanti Júnior; Josué Pessoa de Góes; Reinaldo Barbosa de Lima; Fabiana Maria Monteiro Regis; Leila Maria Viana do Amaral; André Franklin de Lima Albuquerque; Gleuryston Vasconcelos Bezerra Filho (colaborador); Adeildo Bezerra Duarte; Lindiane Mirella Alves de Medeiros; Marlene Alves da Cruz.

Na ação, o Gaeco, do Ministério Público da Paraíba, pede a perda do mandato eletivo dos envolvidos (caso tenham), além do pagamento de R$ 5,1 milhões a título de indenização por danos materiais e morais.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave