Judiciário
Operação veios: Polícia Federal cumpre mandados em João Pessoa, Natal e Recife
19/04/2022 06:38
Suetoni Souto Maior
Três mandados estão sendo cumpridos na Paraíba. Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (19) a operação Veios. A ação tem como objetivo o combate ao tráfico de drogas interestadual. Além de João Pessoa, estão sendo cumpridos mandados em Natal, no Rio Grande do Norte, e Recife, em Pernambuco. De acordo com as primeiras informações, pelo menos três prisões foram realizadas na capital paraibana em cumprimento a mandados expedidos pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte. Foram duas mulheres e um homem. Ao todo, seis endereços estão sendo visitados pela corporação no Estado nesta terça só em João Pessoa.

O objetivo da operação é desarticular organização criminosa especializada no tráfico interestadual de drogas e lavagem de capitais que atuava principalmente na região metropolitana de Natal, O grupo usava como base a comunidade do bairro de Mãe Luiza.l. Durante as investigações, organizadas também pelas Polícia Civil, Polícia Militar e Força-Tarefa de Segurança Pública SUSP, foram identificadas as principais lideranças da facção criminosa que domina o tráfico de entorpecentes e de armas, além de pontos de armazenamento e comércio da substância ilícita.

De acordo com a Polícia Federal, a cúpula da organização criminosa, instalada em João Pessoa (PB), adquiriu diversos bens móveis e imóveis com os lucros obtidos através da atividade irregular. Na capital paraibana, a operação foi deflagrada inicialmente no bairro Jardim Treze de Maio. Segundo moradores, um grande barulho foi ouvido, e os policiais entraram na residência que está com placa de venda. Policiais disseram que o barulho foi provocado por uma explosão de granada, usada para comunicação entre os agentes.

Cerca de 10 policiais do Comando de Operações Táticas da Polícia Federal estão no local.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave