Judiciário
PF prende em João Pessoa português procurado pela Interpol por golpe contra petrolíferas
09/11/2023 17:55
Suetoni Souto Maior
Homem foi abordado quando estava em restaurante. Foto: Divulgação/DPF

A Polícia Federal prendeu, nesta quinta-feira (9), em João Pessoa, um cidadão português acusado de ter aplicado um golpe milionário contra empresas de petróleo. O homem, que não teve a identidade divulgada, tem o nome registrado com alerta de Difusão Vermelha da Interpol. A ação contou com a participação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), e da Polícia Civil. Eles cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pelo ministro Édson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a denúncia, o suspeito utilizou garantias falsas para comprar combustíveis junto a petrolíferas em consignação. O esquema teria gerado um prejuízo de aproximadamente um milhão de euros, o equivalente a R$ 5,27 milhões, de acordo com a cotação desta quinta-feira. O homem foi localizado na Região Metropolitana de João Pessoa e a detenção dele ocorreu em um restaurante no bairro de Manaíra. Ele foi encaminhado para o sistema prisional da capital e, de acordo com a PF, ficará à disposição da Justiça para os trâmites da extradição.

A Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) visa o combate a diversos tipos de crimes por meio da associação de agências de aplicação da lei de muitos países.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave