Judiciário
“Operação Antifake”: Gaeco, PM e PC cumprem mandados judiciais no Sertão
20/02/2024 09:59
Suetoni Souto Maior
Gaeco apura denúncias fraudes em licitação. Foto: Divulgação

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba (Gaeco/MPPB), a Polícia Militar e a Polícia Civil da Paraíba, órgãos vinculados à Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, desencadearam, na manhã desta terça-feira (20/02), a “Operação Antifake”. A finalidade da força-tarefa é dar cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pelo Poder Judiciário da Paraíba, especificamente pelo Juízo de Direito da Vara Única da Comarca de Conceição.

De acordo com a investigação, a operação é voltada ao combate de fraudes em procedimentos licitatórios, diante da existência de fortes indícios de direcionamento das licitações envolvendo a contratação de empresa para a prestação do serviço de coleta de resíduos sólidos do Município de Conceição e de um esquema de corrupção que teria acarretado o desvio de verbas públicas do Município de Ibiara, em razão da existência de reiterados pagamentos a serviços que não teriam sido efetivamente prestados ou então prestados a menor.

Estão sendo cumpridos oito mandados judiciais de busca e apreensão, em endereços de cinco investigados e de duas empresas, sendo uma na cidade de Conceição-PB e outra na cidade de Ibiara-PB. O trabalho conta com a participação de 24 integrantes do Gaeco (incluindo membros e servidores), de 26 integrantes da Polícia Militar e 23 da Polícia Civil (delegados e policiais), formando uma efetivo de 83 agentes públicos. (Com informações do MPPB)

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave