Executivo
No Maranhão, governo desobriga uso de máscaras em cidades que vacinaram mais de 70% da população
11/11/2021 19:06
Suetoni Souto Maior
Vacinação contra a Covid-19 é essencial para a retomada completa da atividade econômica. Foto: Dayse Euzébio/Secom-JP

Mais pessoas vacinadas, maior abertura. Essa foi a lógica no Maranhão e poderá servir de régua na Paraíba, caso os casos não continuem a crescer por aqui. O governador maranhense, Flávio Dino (PSB), anunciou em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (11) o uso opcional de máscara em ambientes fechados. A regra vale para as cidades com 70% da população vacinada com duas doses ou dose única contra a Covid-19. O índice é parecido com o montante geral registrado na Paraíba. Por aqui, 73% da população recebeu pelo menos uma dose. Os totalmente imunizados somam pouco mais de 50%.

O decreto que autoriza a medida foi publicado nesta quinta-feira. Flávio Dino explicou a decisão foi tomada após uma reunião com médicos infectologistas, com base nos números da pandemia e da vacinação contra o novo coronavírus no Maranhão. Os registros de morte no estado nordestino são de seis óbitos nos últimos 15 dias. Atualmente, 66 pessoas estão internadas com Covid-19 em hospitais da rede estadual e privada.

“Eu mesmo conversei com médicos infectologistas para chegar a este novo decreto. Todos os números que estamos apresentando em nosso estado mostram o efeito poderoso da vacinação. E com base ao avanço da vacinação, nós estamos desconfiando que podemos dar esse passo importante”, disse.

Na Paraíba, desde o início da pandemia, morreram 9.461 pessoas vítimas ou em decorrência da Covid-19. Nesta quinta-feira foram registrados três casos.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave