Covid-19
Jovens já são maioria nas UTIs destinadas ao tratamento da Covid-19
10/04/2021 10:05
Suetoni Souto Maior
Número de internamentos também tem crescido no Estado. Foto: Rovena Rosa/ABr

O início da vacinação, claramente, está mudando o perfil dos internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para o tratamento da Covid-19. Matéria publicada pela Folha de São Paulo, neste sábado (10), mostra que pela primeira vez desde o início da pandemia, as internações de pessoas com menos de 40 anos são maioria absoluta. O levantamento mostra um crescimento expressivo do número de pessoas sem nenhuma comorbidade que precisaram de ventilação mecânica.

Os dados de março mostram que 52,2% das internações no Brasil se deram no grupo de pessoas comté 40 anos. Ou seja, os jovens já são maioria nas UTIs. Neste mesmo mês, o grupo de pacientes que necessitaram de ventilação mecânica atingiu 58,1%. As duas taxas são recordes, segundo dados da plataforma UTIs Brasileiras, da Amib (Associação de Medicina Intensiva Brasileira). Os dados mostram uma piora do quadro geral de contaminações e mortes.

Na Paraíba, até agora, 6.118 pessoas morreram. Delas, 34 tiveram o óbito confirmado nesta sexta-feira (9). Agora, a Paraíba totaliza 269.451 casos de Covid-19. A ocupação de leitos de UTI em todo o estado ficou em 73%. Na Grande João Pessoa, 78% dos leitos de UTI estão ocupados. Em Campina Grande, 71%. Já no Sertão, o índice é de 79%. Ao todo, 810 pacientes estão internados em hospitais referência para Covid-19, 90 deles internados nas últimas 24 horas.

Leia também

. Prefeitura vacina grupos especiais e pessoas com comorbidades do 57+

. Homem que matou mulher, confessou e depois negou, vai a júri popular

O agravamento, segundo os especialistas, tem a ver com o surgimento de cepas mais agressivas da doença. Mas não apenas isso. Tem ainda a vacinação dos idosos e a falta de cuidado dos mais jovens. No caso da necessidade de aparelhos de ventilação, houve salto de quase 40% em relação ao patamar do final do ano passado. Entre setembro de 2020 e fevereiro deste ano, o total de internados em UTIs que necessitavam desse tipo de equipamento variou entre 42% e 48%.

Segundo a pesquisa, antes de os jovens serem a maioria dos internados nas UTIs em março, entre dezembro de 2020 e fevereiro último, as pessoas com até 40 anos representavam 44,5% do total —percentual quase idêntico ao de setembro a novembro. De lá para cá, o aumento das internações nessa faixa etária foi de 16,5%. A constatação de que os jovens já são maioria nas UTIs, portanto, mostra a necessidade de campanhas mais efetivas focando esta faixa etária.

Palavras Chave