Executivo
Efraim Morais deixa o governo e aguarda definição do futuro de Efraim Filho
25/03/2022 11:37
Suetoni Souto Maior
Efraim Morais encaminhou carta a João Azevêdo com pedido de exoneração. Foto: Divulgação

O ex-senador Efraim Morais agora é ex-secretário de Agricultura do Estado. Ele entregou o cargo ao governador João Azevêdo (PSB) em carta remetida nesta sexta-feira (25). A decisão ocorre em meio às discussões sobre o futuro do deputado federal Efraim Filho (União Brasil), que tenta se viabilizar para a disputa do cargo de senador. O parlamentar disse que já conversou com mandatário do Palácio da Redenção e agora parte para a fase de definição sobre o caminho a ser seguido. Ele diz que será candidato ao Senado, seja pela base governista ou pela oposição.

Efraim Filho disputa com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) a indicação para o espaço de senador na chapa que será encabeçada por João Azevêdo. No embate, a vantagem tem sido claramente pró-Aguinaldo, o que pode levar Efraim para a chapa de Pedro Cunha Lima (PSDB), que tentará a disputa pelo governo. As articulações dentro da base governista, no entanto, têm seguido no sentido de mantê-lo no grupo atual. Foram escalados bombeiros para convencer o deputado a se manter na base.

Na carta de Efraim Morais, ele faz uma espécie de prestação de contas e alega que fez uma gestão íntegra e voltada para o desenvolvimento do agronegócio paraibano. Alega que bateu recordes no período em que esteve à frente da pasta. “Cargo que exerci com abnegação, lealdade e parceria, pautado nas diretrizes do serviço público estadual, momento em que agradeço pela convivência respeitosa durante todo esse período.”

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave