Executivo
De olho no voto evangélico, pré-candidatos de João Pessoa se articulam para ‘lotar’ Marcha para Jesus
03/11/2023 15:01
Suetoni Souto Maior
Marcha para Jesus reúne milhares de fiéis em João Pessoa. Foto: Divulgação

A tarde deste sábado (4), em João Pessoa, será de muito louvor e caça aos votos. Sim, isso vai ocorrer na Marcha Para Jesus, que tem concentração na Praça da Independência, a partir das 14h, seguida de caminhada até o Busto de Tamandaré, na orla da capital. O movimento decorre da crescente participação deste público no eleitorado brasileiro. Eles representam, hoje, algo em torno de 30% do total, o que tem atraído a atração da classe política.

O blog procurou aferir a máxima junto a vários dos pré-candidatos a prefeito da capital e praticamente todos pretendem estar presentes. O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), por exemplo, encurtou uma viagem de família para poder circular junto ao público evangélico. Ele tentará a reeleição no ano que vem e, assim como os outros virtuais postulantes, partirá em busca do voto evangélico. Eventos do gênero ocorrem em todo o país, com repercussão similar na classe política.

A presença deles no evento independe do espectro político. Se no centro estarão nomes como Cícero Lucena e o deputado federal Ruy Carneiro (Podemos), da esquerda confirmou presença o deputado estadual Luciano Cartaxo (PT), que já foi prefeito da capital por dois mandatos. Da direita mais extremada, o deputado federal Cabo Gilberto informou que está mobilizando o deputado estadual Wallber Virgolino e o comunicador Nilvan Ferreira, todos do PL, para que eles marquem presença no evento religioso. O grupo definirá na segunda-feira (6) quem, entre eles, vai disputar as eleições no ano que vem.

O blog também entrou em contato com o pré-candidato do PL a prefeito de João Pessoa, o ex-ministro Marcelo Queiroga (Saúde). Representante de um grupo tradicionalmente apoiado pelos evangélicos, ele não estará presente por causa de agenda anteriormente acertada no Rio de Janeiro. Queiroga recebeu o aval do ex-presidente Jair Bolsonaro, do mesmo partido, para a disputa da eleição do ano que vem, na capital, frustrando as pretensões de Gilberto, Nilvan e Virgolino. Os três, inclusive, fazem planos de deixar o partido.

A programação da Marcha para Jesus será aberta pelo grupo Louvor nas Varandas e encerrada pelo cantor Davi Sacer. A concentração acontece a partir das 14h na Praça da Independência. Depois, terá continuidade no Busto de Tamandaré.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave