Executivo
Datavox: Lula venceria fácil da Paraíba e Campina se torna ‘mais petista’ que João Pessoa
28/08/2021 08:27
Suetoni Souto Maior
Lula e Bolsonaro são os dois pré-candidatos mais bem posicionados na pesquisa Datavox. Foto: Montagem

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 53,2% dos votos, teria grande vantagem sobre os adversários na Paraíba, caso a eleição para presidente fosse hoje. É o que mostra pesquisa do Instituto Datavox, contratada pelo portal PBAgora. O segundo colocado na consulta é o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que se coloca como candidato à reeleição, com 23,3%. O ex-ministro Ciro Gomes aparece com 4,5% na pesquisa estimulada, seguido do apresentador Datena, com 1%. Todos os outros virtuais candidatos aparecem com menos de um ponto percentual. A lista inclui Sérgio Moro (0,7%), João Dória (0,4%), Guilherme Boulos (0,2%) e Luiz Henrique Mandetta (0,2%).

Um traço curioso da consulta é que ao contrário do que acontece em relação à pesquisa para governador, os eleitores que disseram votar branco ou nulo ou estão indecisos não ultrapassam em muito a marca de 16%. Isso é reflexo da polarização verificada entre petistas e bolsonaristas. Ambos também possuem um considerável recall de eleições passadas. O ex-presidente foi impedido de disputar o pleito de 2018, por causa de condenações impostas pela operação Lava Jato. Na época, ele foi substituído pelo ex-ministro Fernando Haddad (PT), que foi derrotado por Bolsonaro no segundo turno.

Outro ponto interessante da pesquisa é que Lula venceria Bolsonaro em Campina Grande com grande margem de votos. Seria 51% contra 22,1%. Uma diferença em favor do petista bem superior à que seria verificada em João Pessoa, onde o petista teria 44,6% contra 31,2% do presidente. O crescimento do petista na cidade talvez se explique pela perda de capilaridade eleitoral do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) no Estado. Antes, ele era o carreador de votos para os adversários de Lula. Já João Pessoa vem passando nos últimos anos pela ascensão de uma onda conservadora, que se refletiu nos resultados das últimas campanhas eleitorais.

O melhor desempenho do petista é registrado no Sertão, onde teria 64,2%. Já Bolsonaro tem sua melhor média na Zona da Mata, com 28,6%. O ex-ministro Ciro Gomes tem seu melhor desempenho na região da Borborema, com 6,9%.

Rejeição

O quesito rejeição é o calcanhar de Aquiles de Jair Bolsonaro. Quase a metade dos paraibanos ouvidos pelo Instituto Datavox disse que não votaria no presidente de jeito nenhum. O percentual dos que rejeitam Lula é de menos que a metade, ou seja, 20,8%. Veja o quadro abaixo.

A consulta foi realizada entre os dias 22 e 24 deste mês, com 2 mil questionários aplicados em 70 cidades. Sobre a pesquisa, o intervalo de confiança admitido pelo instituto é de 95%. A margem de erro máxima estimada é de 2,2% pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave