Covid-19
Covid-19: Paraíba recebe mais 88,5 mil vacinas nesta quinta-feira
29/04/2021 07:17
Suetoni Souto Maior
Redução da idade atendida deve ocorrer de forma gradativa, diz prefeitura. Foto: Divulgação/ABr

A Paraíba receberá na tarde desta quinta-feira (29) mais 88,5 mil doses de vacina contra a Covid-19. O desembarque está previsto para as 17h15, no Aeroporto Castro Pinto. A pauta de distribuição foi compartilhada pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros. Depois do desembarque, o Estado inicia o processo de separação das doses para que elas sejam remetidas aos municípios. Na remessa atual, virão 1.800 doses da CoronaVac, do Instituto Butantan, e 86.750 doses da AstraZeneca, a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz).

Apesar da boa notícia da chegada dos imunizantes, a nota negativa é o fato de a CoronaVac ser mais urgente, por causa do prazo para a aplicação da segunda dose. As remessas anteriores garantiram que o público que estava com a segunda dose atrasada fosse atendido, mas se houver demora nos repasses, o Estado voltará para o estágio crítico. Até agora, de acordo com dados da Secretaria de Saúde, foram remetidas pelo governo federal 1,1 milhão de doses de vacinas. Delas, 912,2 mil foram aplicadas, sendo 632,5 mil na primeira dose e 279,6 mil na segunda.

Há esperanças de que o ritmo da vacinação ganhe novo ânimo com a chegada da primeira remessa das vacinas da Pfizer. Elas chegam ao Brasil na noite desta quinta-feira (29), ponto para o ministro paraibano Marcelo Queiroga (Saúde). O imunizante deve chegar às 19h no Aeroporto de Viracopos. As doses serão distribuídas para os 26 estados e o Distrito Federal. Segundo o Ministério da Saúde, a orientação é que sejam priorizadas as capitais devido às condições de armazenamento da vacina, que demanda temperaturas muito baixas.

Leia também

. João Pessoa aplica segunda dose da vacina em quem tomou a primeira até 3 de abril

. João Azevêdo divulga foto de boneca feita por detentas que homenageia Juliette

Conforme o Ministério da Saúde, os entes federados receberão de forma proporcional e igualitária. Os frascos serão entregues em temperaturas entre -25ºC e -15ºC, cuja conservação pode ser feita apenas durante 14 dias. Após entrar na rede de frio, com temperaturas de armazenamento entre 2ºC e 8ºC, o prazo para aplicação é de cinco dias.

Por essa razão, o Ministério informou que enviará duas remessas diferentes. Cada uma delas terá 500 mil doses e será referente, respectivamente, às primeira e segunda doses que cada cidadão deverá receber. O Ministério da Saúde comprou 100 milhões de doses do imunizante. Em março, em reunião com a farmacêutica, a pasta apresentou a previsão de que até junho seriam entregues 13,5 milhões de doses.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://chat.whatsapp.com/LjSHneKlLUKKzBM0oa0Lpd

Palavras Chave