Executivo
Centrão e aliados devem abocanhar maioria dos cargos federais na Paraíba, preveem petistas
16/12/2022 20:55
Suetoni Souto Maior
Jackson Macedo tem acompanhado o debate nacional sobre a definição de candidatura própria ou não. Foto: Divulgação

“Vai ser de cortar o coração”. Este é o prognóstico dos petistas paraibanos em relação ao preenchimento dos cargos federais no Estado por indicações políticas. O quadro vem sendo acompanhado pela direção estadual do Partido dos Trabalhadores, que monitorou as perspectivas de ocupação dos 35 postos de comando disponíveis no Estado. A previsão mais otimista é a de que nem 15% deles sejam ocupados por nomes indicados pelo PT, apesar de o vitorioso nas eleições deste ano ter sido o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que volta ao cargo a partir de janeiro.

“Integrei o grupo que mapeou os cargos federais na Paraíba em 2003 (primeiro ano do governo Lula). Naquela época, indicamos 90% dos cargos. O quadro agora é mais complicado”, lamentou o presidente estadual do PT, Jackson Macedo. O motivo do novo quadro é a coalisão que está sendo construída pelo presidente eleito petista para conseguir governabilidade. Siglas que antes figuravam como oposicionistas já se aproximam de Lula e trabalham para fazer indicações para o novo governo. Um dos trunfos das lideranças para a negociação é a necessidade de se aprovar a PEC da Transição.

Entre os cargos mais desejados, na Paraíba, estão os comandos da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) e o Ibama (Instituto do Meio Ambiente). Há ainda a pasta da Aquicultura e Pesca. Todas são de livre nomeação e os escolhidos não precisam ser servidores de carreira. Entre os partidos que faziam oposição ao presidente eleito e que poderão integrar o governo estão o PP e o Republicanos. Ambos têm negociado apoio, inclusive com a possibilidade de indicar ministros para o novo governo.

Os partidos que estiveram com o PT desde o primeiro turno foram PCdo, PV, Psol, Rede, Solidariedade, PSB, Agir, Avante e Pros.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave