Covid-19
Apesar dos alertas, 75 mil paraibanos ainda não tomaram a segunda dose da vacina
06/04/2021 06:59
Suetoni Souto Maior
Redução da idade atendida deve ocorrer de forma gradativa, diz prefeitura. Foto: Divulgação/ABr

Um número de paraibanos que ainda não tomou a segunda dose da vacina é bem expressivo e pode representar um perigo grande para elas. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, mais de 75 mil pessoas estão nesta situação no Estado. O alerta é o de que quem tomou apenas uma dose não está imunizado contra o Coronavírus e pode engrossar o número das vítimas da doença enquanto acredita estar imunizado.

O secretário Executivo de Saúde do Estado, Daniel Beltrammi, alega que 98 mil pessoas já tomaram a segunda dose, porém, um contingente representativo está apto a ser vacinado desde a segunda metade de fevereiro e não compareceu aos postos de imunização. As vacinas têm épocas diferentes para ser ministradas. A CoronaVac pode ser tomada entre 14 e 28 dias depois de ministrada a primeira dose. A AstraZeneca/Oxford com até três meses.

Leia também

. Prefeitura de João Pessoa libera aulas presenciais no ensino infantil

. Arquidiocese da Paraíba libera missas presenciais após decreto do governo

O nível de proteção máxima só será conseguido depois de recebida a segunda dose, explica Beltrammi. No caso da CoronaVac, a mais aplicada, são pelo menos 14 dias. Em ambos os casos, qualquer atraso é preocupante. Um caso famoso de morte por contaminação entre uma dose e outra foi o do cantor Agnaldo Timóteo, falecido no fim de semana.

“Os estudos, os níveis de eficácia, tudo é feito com base na aplicação das duas doses das vacinas”, explica Natália Pasternak, doutora em microbiologia e presidente do Instituto Questão de Ciência. “Uma aplicação só, portanto, deixa aquela pessoa vulnerável, ela não está protegida de forma adequada e pode adoecer”, alertou a pesquisadora em entrevista ao Uol.

O número de mortos pela COVID-19, na Paraíba, já se aproxima de 6 mil. De acordo com os últimos dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde, 5.949 pessoas já perderam a vida. Delas, 43 apenas nesta segunda-feira (6). A ocupação das vaga de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) está em 78%. São 86% na Grande João Pessoa, 66% em Campina Grande e 90% no Sertão.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://chat.whatsapp.com/LjSHneKlLUKKzBM0oa0Lpd

Palavras Chave