Executivo
UTIs para Covid-19 beiram colapso na PB e se você não se cuidar, pode morrer
06/03/2021 11:53
Suetoni Souto Maior
Internamentos têm se multiplicado em vários municípios paraibanos. Foto: Rovena Rosa/ABr

Muita gente não tem se dado conta, mas a Paraíba está se aproximando do caos na saúde pública, apesar dos investimentos públicos. Mesmo com a abertura de 65 novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adulto em hospitais públicos e privados nos últimos 15 dias, a lotação nos leitos continua acima de 90%. Para ser mais exato, na Região Metropolitana de João Pessoa ela é de 91,6% na rede pública e de 96,4% na privada. E mesmo assim sobram pessoas sem tomar cuidado e que não usam máscara ao sair às ruas ou no trabalho.

Os dados fazem parte do novo Censo Hospitalar realizado pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), nesta sexta-feira (5). Foram analisadas a quantidade de leitos de 19 hospitais nas três macro regiões do Estado (Grande João Pessoa, Campina Grande e Sertão) e a ocupação dos leitos de UTI e Enfermaria. A situação da Capital é a mais preocupante, já que possui atualmente 240 leitos de UTI adulto covid instalados, sendo 224 ocupados e apenas 16 disponíveis. E o pior é quando se observa que os hospitais de referência estão lotados.

Os hospitais Clementino Fraga e da Unimed não têm nenhuma vaga para quem precisar de atendimento. Os outros estão com quadro crítico. É a situação do Metropolitano (95%), Nossa Senhora das Neves (90%), Frei Damião I (80%) e Hospital Universitário Lauro Wanderley (80%). Estes dois últimos, vale ressaltar, lotam com o ingresso de duas pessoas cada um. O quadro é tenebroso também no Sertão. Não existem vagas na UPA de Cajazeiras nem no Hospital Regional de Pombal e o quadro é crítico também em Patos.

“Infelizmente, estamos vivenciando uma iminência de colapso da rede pública e privada na região metropolitana de João Pessoa. Mesmo aumentando consideravelmente o número de leitos, o número de pacientes está crescendo mais rápido”, afirmou o conselheiro e membro da Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus do CRM-PB, Bruno Leandro de Souza. Ele explicou que o aumento dos leitos foi verificado na rede pública e privada, sendo: 40 novos leitos no Hospital Santa Isabel, 7 novos leitos no Hospital Metropolitano, 3 no Hospital Universitário Lauro Wanderley, 10 na Unimed e 5 no Nossa Senhora das Neves.

O último boletim divulgado pelo governo do Estado mostrou que a Paraíba já tem 226.536 casos da Covid-19 confirmados desde o início da pandemia. Deles, 4.632 morreram em decorrência da doença. João Pessoa lideram o ranking de mortes, com 1.456 óbitos e é seguida por Campina Grande, com 578.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se:

https://chat.whatsapp.com/LjSHneKlLUKKzBM0oa0Lpd

Palavras Chave