Covid-19
Prefeitura de João Pessoa vai priorizar a segunda dose da vacina
15/04/2021 12:51
Suetoni Souto Maior
Chegada de novas vacinas permitiu à prefeitura ampliar o programa de vacinação. Foto: Divulgação/Secom-JP

A Prefeitura de João Pessoa vai priorizar a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19. O compromisso foi oficializado durante reunião com representantes dos Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho. A previsão é que o trabalho de imunização seja retomado após a chegada das novas vacinas, prevista para esta sexta-feira (16). Deverá haver divisão por dias e locais de acordo com a idade, para evitar outras aglomerações”.

A audiência foi conduzida pelos promotores de Justiça Jovana Tabosa (da Saúde de João Pessoa), Raniere Dantas (coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Saúde) e Liana Carvalho (coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Cidadania e Direitos Humanos); dos procuradores da República Janaína Andrade de Sousa e José Guilherme Ferraz; e pelos procuradores do Trabalho Andressa Lucena Coutinho e Carlos Eduardo Azevedo.

Participaram ainda o prefeito em exercício da Capital, Léo Bezerra; o secretário de Saúde, Fábio Rocha; o procurador-geral do Município, Bruno Nóbrega; a diretora de Vigilância em Saúde, Aline Grisi; e a auditoria do Tribunal de Contas do Estado e coordenadora do GT Covid, do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco), Christianne Mariz.

Os membros do Ministério Público questionaram os problemas gerados nesta semana e que resultaram em aglomeração nos postos de imunização. O problema foi gerado pela falta de vacinas. Os representantes da PMJP reconheceram que houve falhas e explicaram que ocorreu uma demanda maior que o previsto pela segunda dose da Coronavac.

Os representantes da prefeitura informaram ainda que houve atraso do suprimento do insumo farmacêutico ativo (IFA), o que paralisou a produção da Coronavac pelo Instituto Butantã e que mais de 21 mil pessoas de outros municípios tomaram a primeira dose em João Pessoa. De acordo com os representantes, o município não possui Coronavac em estoque, mas utilizará 100% dos próximos lotes para a segunda dose até zerar a fila de espera.

Palavras Chave