Executivo
PF encontra na casa de Anderson Torres minuta propondo golpe para mudar o resultado das eleições e manter Bolsonaro no poder
12/01/2023 16:42
Suetoni Souto Maior
Jair Bolsonaro antes de deixar o governo no ano passado. Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom

A Polícia Federal encontrou na casa do ex-ministro da Justiça, Anderson Torres, documentos que indicariam que o governo encerrado em 31 de dezembro tinha planos de se perpetuar no poder através de golpe de estado. Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão, a PF localizou uma minuta de decreto para o então presidente Jair Bolsonaro (PL) instaurar estado de defesa na sede do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Torres teve mandato de prisão decretado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas ainda não fois preso porque está nos Estados Unidos.

O ex-ministro foi demitido da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal por causa das suspeitas de omissão em relação aos atentados terroristas ocorridos no último domingo (8), quando apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) invadiram e vandalizaram as sedes do STF, do Palácio do Planalto e do Congresso Nacional. Anderson Torres prometeu retornar ao país e se entregar à Justiça. Curiosamente, ele viajou para o mesmo país em que se encontra o ex-presidente, que não aceitou o resultado das eleições.

O objetivo da minuta encontrada pela PF, segundo o texto, era reverter o resultado da eleição, em que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saiu vencedor, em clara afronta à Constituição. O documento foi encontrado no armário do ex-ministro durante busca e apreensão realizada na última terça-feira (10). A PF vai investigar as circunstâncias de elaboração da proposta.

O material tem indicação de ter sido feito após a realização das eleições e teria objetivo de apurar abuso de poder, suspeição e medidas ilegais adotadas pela presidência do TSE antes, durante e depois do processo. De acordo com informações apuradas pela Folha de São Paulo, o documento cita o reestabelecimento imediato da lisura e correção da eleição de 2022.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave