Executivo
Marcelo Queiroga diz em João Pessoa que não pensa em ser candidato ao governo. Mas e se o cavalo passar selado?
10/11/2021 14:25
Suetoni Souto Maior
Marcelo Queiroga (D) ao lado do presidente Jair Bolsonaro: ministro tem nome especulado para a disputa. Foto: Divulgação

O ministro paraibano Marcelo Queiroga (Saúde) cumpre extensa agenda em João Pessoa nesta quarta-feira (10). Durante a manhã, participou de oficina Previne Brasil, promovida pela pasta comandada por ele. Ao ser abordado por jornalistas, disse que não é candidato ou que não pretende disputar o governo do estado. “Essa questão de política partidária, vocês me conhecem aqui na Paraíba, eu nunca militei na política partidária […] Essa possibilidade nunca existiu na minha vida, eu estou trabalhando como ministro da Saúde e vamos cumprir a missão que o presidente Bolsonaro me deu”, garantiu.

A posição, no entanto, contrasta com os gestos e discursos adotados pelo auxiliar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em eventos públicos. Durante a inauguração de um dos trechos da Transposição, no mês passado, ele chamou a atenção da imprensa pelo tom político nos discursos. A observação comum foi a de que surgia ali um nome para disputar o governo da Paraíba, fazendo oposição ao atual governador, João Azevêdo (Cidadania). A possibilidade, com isso, seria a de oferecer um palanque para o presidente, carente de apoio no campo da direita para a disputa eleitoral do ano que vem.

Desde que o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), abandonou a campanha para a disputa do governo no ano que vem, a vaga de candidato no campo bolsonarista ficou em aberto. O cavalo, pelo jeito, está passando selado por Marcelo Queiroga. Há quem aposte dez por um que ele sobe na montaria. O tempo dirá.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave