Executivo
João Pessoa: Prefeitura libera e jogo da Seleção Brasileira Feminina deverá ter público no estádio
15/09/2021 17:21
Suetoni Souto Maior
Atletas da Seleção Feminina já treinam em João Pessoa. Foto: Talita Gouveia/CBF

A Prefeitura de João Pessoa decidiu liberar o retorno de público nos estádios e ginásios esportivos na capital. A medida está no decreto publicado nesta quarta-feira (15). Na prática, o município amplia a flexibilização em relação ao que foi decidido pelo governo do Estado, que manteve as mesmas medidas restritivas de decretos anteriores. Agora, vale ressaltar que a liberação foi de apenas 20% da capacidade dos estabelecimentos. A gestão estabeleceu como requisito o distancimaneto mínimo de um metro e meio para o público e obrigatoriedade do cartão de vacinação.

A medida vai possibilitar a presença de público na partida da Seleção Brasileira Feminina contra a Argentina, prevista para o dia 20. Antes disso, elas terão compromisso em Campina Grande, no dia 17. No caso da capital, quem conseguir comprovar que tomou pelo menos a primeira dose terá condições de entrar no estádio para assistir à partida. As meninas do Brasil fizeram bonito nas Olimpíadas, mas não conseguiram chegar na final. A delegação desembarcou na capital na última segun-feira (13).

Para os eventos esportivos, os estádios e ginásios terão que disponibilizar álcool 70% para os espectatodores e todos terão que usar máscara enquanto permanecerem no estádio.

Bares

Em relação a bares e restaurantes, a capacidade de ocupação ficou em 50%, mesmo índice de antes. A novidade é que o distanciamento entre as pessoas foi reduzido de um metro e meio para um metro. A medida vale também para lojas de conveniência, lanchonetes e similares. A medida se estende também às missas e cultos e aos eventos sociais ou corporativos, como congressos, seminários, encontros científicos, casamentos ou assemelhados, exceto formaturas.

Também foi autorizado, no novo decreto, às escolas da rede pública municipal e privada a funcionar de forma remota ou híbrida (remota e presencial), com capacidade máxima de 50% dos alunos de cada turma, mas com redução do distanciamento entre as carteiras nas escolas para 1 metro entre alunos e também entre professores e funcionários.

Confira a íntegra do decreto

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave