Executivo
Assim como casais em crise, dirigentes do PSB da Paraíba precisam ‘discutir a relação’
27/02/2024 22:15
Suetoni Souto Maior
Clima interno no PSB se assemelha às brigas de casal. Foto: Reprodução

O clima no PSB paraibano não anda dos melhores. Se a relação interna nunca foi de beijos e abraços, as diferenças agora têm ganhado as ruas. A situação é bem parecida com a dos casais em crise e, assim como na vida conjugal, faria bem ao partido uma DR. Para os não familiarizados com a expressão, a abreviação trata da necessidade de se “discutir a relação” quando um casal já não se suporta. No caso socialista, o episódio mais recente inclui um suposto fechamento de aliança com o prefeito de Santa Rita, Emerson Panta (PP). O presidente do partido diz que o acordo existe e é antigo, o vice-presidente alega que ele nunca existiu.

Estamos falando das discordâncias entre Gervásio Maia e Ronaldo Guerra. O primeiro é deputado federal e presidente estadual do partido. O segundo é chefe de Gabinete do governo e vice-presidente da sigla. A polêmica surgiu porque Maia participou de reunião com o prefeito de Santa Rita, no domingo (25), e divulgou foto nas redes sociais, com mensagens que indicam uma caminhada conjunta no pleito deste ano. Em contato com o blog, Maia garante que a definição ocorreu em reunião da Executiva do partido em setembro do ano passado. Guerra nega, alegando que não houve qualquer definição sobre aliança na referida reunião.

O verdadeiro motivo da contenda, assim como costuma ocorrer na vida conjugal, tem a ver com o surgimento de uma terceira pessoa na relação. Este agente externo atende pelo nome de Nilvan Ferreira (sem partido). O comunicador era inimigo ferrenho do governador João Azevêdo (PSB). Os dois trocaram farpas nas eleições de 2022, quando disputaram o comando do Palácio da Redenção. O socialista saiu vitorioso da disputa e agora, dizem, não descarta a possibilidade de uma aliança com o ex-desafeto em Santa Rita.

João e Nilvan tomaram café recentemente e Panta, consequentemente, passou a ser visto no staff governista apenas uma destas “aventura de verão”. Isso ficou claro nesta quarta-feira (27). O presidente do partido, em João Pessoa, Tibério Limeira, divulgou nota negando tratativas para aliança com o prefeito. Ele acredita que houve “engano” por parte de Gervásio Maia. Limeira, assim como Ronaldo Guerra, ocupa cargo no primeiro escalão do governo. Mas os dois não estão sós em relação às críticas a uma composição do PSB com o prefeito de Santa Rita. Houve queixas, também, dos deputados estaduais Hervázio Bezerra e João Gonçalves.

A crise doméstica no PSB, por isso, vem escalando novos patamares a cada dia e restará a João Azevêdo encerrar a discussão. Neste caso, como “juiz de paz”.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave