Executivo
73 candidatos paraibanos foram barrados ou desistiram da disputa eleitoral deste ano
13/09/2022 07:25
Suetoni Souto Maior
TRE cassou dezenas de mandatos de vereadores por fraude no pleito de 2020. Foto: Divulgação/TJPB

Os números ainda não são conclusivos e podem aumentar a partir da contabilização dos casos desta segunda-feira (12), quando acabou o prazo para o julgamento dos pedidos de registro de candidatura na Justiça Eleitoral. Os números da manhã desta terça mostram que 73 postulantes que entraram na corrida eleitoral ficaram pelo caminho, apesar de alguns deles ainda esperarem o julgamento de recursos. É o caso do ex-governador Ricardo Coutinho (PT), que tenta uma vaga para o Senado. Ele teve o registro indeferido na semana passada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Ao todo, entre candidatos ao governo, ao Senado e para deputado federal ou estadual, as negativas de registro chegam a 54. Número que, repito, deverá crescer já que os resultados dos julgamentos ocorridos nesta segunda-feira não foram completamente contabilizados. Entre os majoritários, foram negados os registros também do candidato do PCO, Adriano Trajado, que disputa o governo, bem como do postulante a uma vaga de senador, Manoel Messias, e dos suplentes indicados por ele para comporem a chapa do partido. Todos recorreram.

As desistências também foram notabilizadas. Foram 19 ao todo. Entre elas, a do estudante de medicina Antônio Cristóvão de Araújo Silva Neto, o Queiroguinha (PL), filho do ministro Marcelo Queiroga (Saúde). Ele disputaria o cargo de deputado federal e resolveu correr da parada, segundo se especula, por falta de dinheiro para a campanha e também por causa das denúncias de tráfico no Ministério da Saúde, que pesam contra ele. Outro que chamou a atenção pela desistência foi o deputado estadual Buba Germano (PSB). Ele teve o registro impugnado pelo Ministério Público Eleitoral e decidiu colocar a mulher, Gilma Germano, para a disputa.

Entre os que esperam ser liberados após recursos interpostos, vale o destaque para o ex-governador Ricardo Coutinho. Ele recorreu ainda no TRE e faz planos de buscar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em áudio vazado nas redes sociais, recentemente, ele deixou claro que já esperava o resultado e que tem esperança de sucesso num recurso que tramita no Supremo Tribunal Federal.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave