Judiciário
Polícia cumpre mandados contra empresas de Campina Grande por sonegação e lavagem de dinheiro
03/09/2021 08:37
Suetoni Souto Maior
Fiscais da Sefaz contabilizam mercadoria em empresa suspeita. Foto: Divulgação/Secom-PB

Um grupo empresarial de Campina Grande se tornou alvo da operação Desacordo, desencadeada nesta sexta-feira (3) por Ministério Público da Paraíba, Polícia Civil e Secretaria da Fazenda Estadual. As empresas, quatro ao todo, são acusadas de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e quebras de acordos tributários. São apurados, também, outros ilícitos tributários como a simulação de vendas e a saída de mercadorias sem nota com valores de aproximadamente R$ 150 milhões.

A ação é coordenada pelo Núcleo de Combate à Sonegação Fiscal do Estado da Paraíba. O grupo em questão atua no ramo atacadista. A investigação durou seis meses. Sete mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 3ª Vara Criminal da Capital. Os mandados são cumpridos com a participação de 40 agentes públicos. De acordo com as investigações, o grupo é formado por uma empresa laranja localizada em Itambé e três empresas do ramo atacadista localizadas em Campina Grande.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni