Executivo
Paraíba registra 17 mortos por Covid e secretário de Saúde diz que não vacinados encabeçam lista de falecimentos
03/02/2022 19:32
Suetoni Souto Maior
Número de internamentos também tem crescido no Estado. Foto: Rovena Rosa/ABr

Não é exatamente uma novidade, mas não custa falar: os não vacinados correm muito mais riscos de morte pela Covid-19. A observação foi feita pelo secretário Estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, ao comentar, nesta quinta-feira (3), o crescimento no número de óbitos causados pela pandemia. O órgão registrou 17 nesta quinta, sendo 11 deles nas últimas 24 horas. E a tendência, reforça o auxiliar do governador João Azevêdo (Cidadania), é que os casos continuem aumentando. A lista dos mortos é puxada pelos não vacinados e por aqueles que não possuem o ciclo vacinal completo.

De acordo com Geraldo Medeiros, as estatísticas revelam que perto de 90% dos óbitos registrados no Estado têm como vítimas pessoas não vacinadas ou que não tomaram o reforço. “Essas pessoas estão menos protegidas e, por isso, correm mais risco de morrer”, ressalta o secretário. Ele alega que os números da doença vão continuar em alta entre este mês e parte de março. A combinação do surgimento da variante Ômicron com as festas de fim de ano e os shows realizados durante o mês de janeiro tem sido explosiva.

A ocupação total de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), em todo estado, é de 43%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 64%. Em Campina Grande, estão ocupados 33% dos leitos de UTI adulto e no Sertão, 48% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de regulação hospitalar, 50 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 376 pacientes estão internos nas unidades de referência pra Covid-19.

Desde o início da pandemia, 9.755 morreram na Paraíba em decorrência da Covid-19.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni