Executivo
‘Esquecida’ pelo poder público, comunidade do Aratu receberá caravana com serviços da prefeitura
25/07/2021 19:14
Suetoni Souto Maior
Cícero Lucena disse que a medida vai ampliar os serviços ofertados à população. Foto: Divulgação

Quem conhece a comunidade do Aratu, em Mangabeira VIII, sabe bem o que é um bairro há aos ‘esquecido’ pelo poder público. A localidade, por isso, será o piloto de uma caravana criada pela Prefeitura de João Pessoa para levar ao bairro serviços de assistência disponibilizados pelo município. O programa divulgado neste domingo e que ocorre nesta segunda-feira (25), das 8h às 14h, recebeu o nome de Caravana do Cuidar e será itinerante. De lá, seguirá para vários outros pontos da capital.

A caravana vai atender a população do Aratu e adjacências com a oferta de diversos serviços à população. A medida vem confirmar a intenção do prefeito Cícero Lucena em promover o acesso da população aos benefícios que o Poder Público pode oferecer. O primeiro dia da Caravana do Cuidar acontecerá em estrutura montada na Rua Praia do Aratu, ao lado do Condomínio Cidade Madura. Serão disponibilizados diversos serviços do conjunto de secretarias e órgãos da administração municipal envolvidos.

A Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc) vai realizar novos cadastros e a atualização de dados no CadÚnico/Bolsa Família, e no Acessuas Trabalho; além de acompanhamento das famílias atendidas pelo programa Criança Feliz e pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do território.

Integram também essa unidade em promoção da comunidade as Secretarias do Trabalho, Produção e Renda (Setrab); de Saúde (SMS); de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), e a Executiva da Participação Popular (SEPP).

A Setrab fará, entre outras ações, as inscrições para curso de empregabilidade. A Secretaria da Saúde estará presente com ônibus do Consultório na Rua, onde será possível fazer testagem rápida da Covid-19 e vacinação da Influenza (gripe); e ainda haverá uma van para atendimentos de orientação em saúde bucal. Já o Procon-JP atenderá demandas relacionadas à defesa do consumidor. A SEPP, por sua vez, está ajudando nas articulações junto às comunidades.

O projeto, que será lançado nesta segunda-feira, vai estar em uma comunidade diferente sempre às sextas-feiras. Na primeira etapa, serão contempladas oito localidades.

Documentação

Alguns serviços necessitam de documentos específicos. Para adiantar o atendimento, é importante que as pessoas interessadas se dirijam ao local portando todos eles. Para cadastro no CadÚnico/Bolsa Família, por exemplo, é preciso apresentar versões originais do RG; CPF; Carteira de Trabalho; declaração escolar atualizada; comprovante de residência; certidão de nascimento/casamento ou averbação; e título de eleitor.

Já o programa Acessuas Trabalho focará no público do Jovem Aprendiz – com idades de 14 a 22 anos. Para se inscrever, são necessárias as cópias do RG; CPF; Carteira de Trabalho (pode ser a digital); declaração escolar atualizada; Cartão NIS (caso possua), cartão do Bolsa Família, folha resumo e/ou comprovante de renda; Cartão SUS; comprovante de residência; e currículo.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni

Palavras Chave