Legislativo
Governador determina investigação de ameaças de morte contra Adriano Galdino e familiares
15/02/2022 19:25
Suetoni Souto Maior
Adriano Galdino diz que medidas propostas pela oposição eram inconstitucionais. Foto: Divulgação/ALPB

O governador João Azevêdo (Cidadania) usou as redes sociais nesta terça-feira (15) para anunciar a “imediata investigação” de ameaças de morte proferidas contra o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB). Os episódios foram revelados pelo próprio deputado durante a abertura dos trabalhos na Casa, na manhã desta terça. Os familiares do parlamentar também estariam sendo vítimas das ameaças feitas através das redes sociais. Elas seriam represália à condução do parlamentar sobre os vetos a emendas que criariam despesas para o Estado, com reajustes salariais para os policiais paraibanos.

Durante a sessão, Adriano Galdino explicou que as emendas foram derrubadas por serem inconstitucionais. Uma proposta do gênero teria que ser encaminhada pelo governador e não proposta pelo Legislativo. “Todos sabem que essas emendas eram fake news e não poderiam ser aprovadas. Os próprios autores sabiam que essas emendas eram inconstitucionais e seriam vetadas. Não tem como o Poder Legislativo criar despesas para o Poder Executivo”, justificou o presidente da Assembleia.

Após a manifestação de solidariedade do governador, Adriano Galdino publicou mensagem de agradecimento também nas redes sociais.

Quer receber todas as notícias do blog através do WhatsApp? Clique no link abaixo e cadastre-se: https://abre.ai/suetoni